Coronavírus no Brasil | Tudo Sobre Coronavírus

Aproveitando essa quarentena contra o Coronavírus no Brasil, hoje falarei tudo sobre Coronavírus e o que tenho feito para proteger a minha família e também o que tenho feito para me distrair, visto que manter o isolamento social é fundamental.

TUDO SOBRE CORONAVIRUS

Para começar, é importante estarmos atentos ao que é o coronavírus, como é transmitido, qual o grupo de risco, como prevenir e como está, em tempo real, a situação do Coronavírus no Brasil.

COVID-19 (Coronavírus Disease 2019) é um vírus que causa infecção respiratória e apesar de já ter sido isolado em 1937, foi descoberto na China (Wuhan) em dezembro de 2019.

O Coronavírus é semelhante a uma gripe, porém, varia de sintomas leves ao mais grave.

A transmissão ainda está sendo estudada, mas já sabemos que ocorre através vias respiratórias e contato (tosse, espirro, contato físico, secreção nasal e bucal, contato com objetos ou superfícies contaminadas - por isso é importante esterilizar bem o seu lar e estar sempre lavando as mãos e principalmente, evitar passar a mão nos olhos, boca e nariz.). 

Sobre o grupo de risco, devemos nos atentar, pois por mais que não façamos parte, devemos nos preocupar com as pessoas de nosso convívio diário, porque podemos nos infectar com o vírus e acabar sendo vetor para nossos familiares. Fazem parte do grupo de risco:

Maiores de 60 anos;
Portadores de doenças crônicas cardiopulmonares;
Gestantes;
Usuários de corticóides;
Portadores do vírus HIV;
Obesos;
Pacientes tratando do câncer.

Portanto, se você tem uma avó em casa ou seu filho criança sofre de bronquite, eles fazem parte do grupo de risco, por exemplo.

A principal prevenção é o isolamento social, seguido de alguns cuidados, tais como:

Lavar as mãos com frequência (álcool gel é recomendado caso não seja possível usar água e sabão);
O uso da máscara (N-95 em caso de quem esteja tossindo ou espirrando e a descartável cirúrgica ou de tecido, caso precise sair);
Evitar aglomerações, principalmente com estranhos (filas, barzinhos, praia, supermercado lotado, etc.);
Cobrir o nariz e a boca com uma toalha ao tossir e espirar;
Não emprestar objetos pessoais, tais como pratos, copos, talheres;
Manter o ambiente arejado e se possível, deixar o sol entrar na sua casa, aliás, tome sol nos horários seguros, pois um estudo mostrou que vítimas do vírus sofriam carência de Vitamina D;
Esterilize seu lar (troque as roupas de cama com uma maior frequência, não use calçados da Rua dentro de casa, caso precise sair, leve álcool gel é separe um carro já para tirar a roupa da rua, além de deixar o calçado no lado de fora.

No site da Drogaria São Paulo  tem uma página totalmente dedicada a todas informações sobre o coronavírus, tais como orientações do Dr. Dráuzio Varella, perguntas frequentes, sintomas, tratamento... Vale à pena conferir Tudo sobre Coronavírus e acompanhar as redes sociais  pois eles estão sempre trazendo as novidades desse assunto. 

E olha, o álcool gel eu li no site deles que não terá seu valor superfaturado nesse momento tão delicado para o mundo. Por mais empresas assim!


O que tenho feito nessa quarentena? Abaixo, vou listar com exemplos tudo que tenho feito para proteger minha família e o que eu faço para me distrair, visto que minha empresa não faz parte do segmento de comércios essenciais e por não poder trabalhar, acabo ficando ociosa.

Primeiro de tudo, quero falar sobre o que faço para aumentar nossa imunidade, afinal, nossa saúde é primordial.

Pego o solzinho da manhã, no meu caso, moro em casa e aqui eu tenho sol o dia todo. Fico uns 30 minutos no sol e bom que além da Vitamina D, ainda coloco biquíni e pego um corzinha.

Para aumentar a imunidade, procurei comprar alimentos que são indicados e diariamente, faço meu suco de maçã, limão, gengibre e couve (que também é detox) tudo batido no liquidificador e coado (eu não adoço).

Além desse suco, estou abusando das folhas verdes, frutas cítricas, sucos de fruta natural, iogurte integral, legumes (principalmente inhame, cenoura e beterraba), sopas de legumes. Todos esses alimentos ajudam a aumentar a imunidade.

Como a academia não está podendo funcionar, após meu banho de sol e iogurte natural, eu faço exércitos localizados e isométricos em casa, pois assim não fico sedentária e mantenho a forma.

Também para não ficar parada e nem entediada, danço..  coloco vídeos no YouTube e aprendo vários passinhos haha

Agora a parte da casa. Aqui eu estou passando água sanitária todos os dias na casa inteira (antes eu usava desinfetante cheirosinho), mas com esse vírus solto, substituí pela água sanitária.
,
Aqui eu tenho varanda e separei um cesto para colocar as roupas que uso quando preciso muito sair e retorno da rua e só estou usando um tênis para ir a rua e esse fica num cantinho da varanda. 

Além de eu usar álcool gel na rua, deixei também um sabonete líquido no tanque e papel toalha (quando chego da rua já lavo as mãos e seco com o papel toalha).

Agora, que já dei minhas dicas para manter a saúde, a forma e a casa higienizada, vamos ao que eu tenho feito para me distrair. A lista é grande, pois tive que me adaptar às 12 horas ociosas que andei tendo.

Como já falei, danço para me distrair, mas também canto hahaha afinal, quem canta os males espanta e isso ajuda a passar o tempo.

Baixei alguns aplicativos que tomam bastante tempo do meu dia, tais como Tik Tok (aplicativo de dublagens) e eMule (aplicativo de canto).

Vou listar que ficará melhor, por senão , esse post vira um livro hahahaha 

Nesses dias:

Aprendi receitas que aumentam a imunidade;
Tenho feito lives nas minhas redes sociais para ter contato com meus amigos;
Coloquei minhas séries em dia (na Netflix amei Dark, na Globo Play me apaixonei por Manifest e no Prime Vídeo recomendo American Horror History - gosto do suspense ao terror com mistério);
Me inscrevi em alguns cursos online e gratuitos que foram liberados para esse período da pandemia;
Li dois livros (O Quarto Compromisso e o Segredo de Luiza);
Estou aprendendo a costurar e fazendo artesanato;
E obviamente, estou dando aula para meu filhinho de 8 anos e brincando mais com ele.

Sobre os aplicativos, séries e referências, farei outro post mais detalhado. Mas por esse aqui, já dá para ter ideias de distração. 

Espero que vocês tenham gostado das dicas e continuem em casa, quem pode, pois juntos, sairemos dessa.

Saúde a todos nós. 

Para mais informações:
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário